Eu prometo
Amar-te na dor
No medo na angustia.
Na alegria e nas conquistas.

Mas segure em minhas mãos
Sinta como elas estão frias...
Carentes de carinho...
E muitas vezes de força...

Eu prometo,
Ao seu lado ficar...
Para todo sempre...
Na eternidade das estrelas.

Mesmo que todos não acreditem
Eu prometo...
Sim, eu fiz essa promessa.
E irei cumpri-la.

Seguiremos pela estrada
Neblina e chuva,
Sol e poeira...
Minha alma sofrida
A tua perdida na matéria.

Encontremos a paz, eu prometo.
Por quê?
Porque me ensinas
A cada dia
O dom da pureza mais límpida.

A cada dia
Você me testa
Faz-me repensar,
Reaver detalhes.

Reatar laços que foram quebrados
A tantas vidas,
E falo por sentir
Essa é minha verdade!

Eu prometo
Velar-te mesmo não estando aqui...
E enquanto eu puder estar
Ninguém o magoará, nem eu...
Eu prometo!

Autora
Lie Ribeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.