É assim
Existem pessoas
De primeira classe
Existem pessoas
De segunda classe
Existem pessoas
De terceira classe...
Quem disse?

Quem fez a separação das espécies?
Senhor Darwin...
Ora ele pregou que os mais fortes.
Somente eles sobreviveriam
Mas á única que viverá
Se tudo se acabar é a barata
Não ria...

Quem disse que é o dinheiro
Que define o valor de uma pessoa?
A vala, enfeitada ou não...
Cobrirá a mesma carne que apodrecerá...
Ou a mesma carne que queimará
E virará apenas pó...

Será que o pó do rico é de ouro?

Quem disse?

E se o mundo acabar...
Bombas atômicas em cada hemisfério
Será que ela se desviará do rico
E só atingirá o pobre...

Quem programou isso?

A! tola humanidade
O que nos iguala é a morte.
Mas o que nos dá valor
É a ética e a integridade
Tão simples e tão humanas
De serem vivenciadas.

Autora
Liê Ribeiro.
Paz e luz...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.