Estou cansada,
Quero uma cama de nuvens,
Esse luar que se afogou,
Essas estrelas que se esconderam de mim.

Sou assim, meio céu, meio mar,
Toda a terra, pouca água,
Tenho sede,
Mais o deserto me cerca,

Árido chão, minhas mãos calejadas,
Tenho suor e sal,
Toda vida em poucos minutos,
Reflete-se em meus pensamentos.

Você coseu sonhos,
Preparou o pão,
Bebeu meu vinho,
Deitou-se em meus braços, assim.
Fizemos um poema.
E o meu cansaço descansou,
E a minha vida apeou, vou sonhar....

Autora
Liê Ribeiro

paz e luz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!