Traga um copo
Tenho sede
Traga a vida
Tenho a morte...
Sorte é que a vida
Nunca acaba, vagueia...
Traga a palavra
Tenho a boca
Traga
O silencio
Tenho o canto
Traga o amor
Tenho o coração
E se os enigmas
Não te fazem sonhar
Traga a poção mágica.
Que eu te ensinarei a amar....

Autora
Liê Ribeiro

paz e luz

Comentários

  1. Tirar do caldeirão
    a alma de bruxa.
    Misturar as poções,
    fazer orações e esperar.
    Passado um pouquinho,
    um amor fresquinho, com cara de ontem,
    pode chegar...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!