Traga um copo
Tenho sede
Traga a vida
Tenho a morte...
Sorte é que a vida
Nunca acaba, vagueia...
Traga a palavra
Tenho a boca
Traga
O silencio
Tenho o canto
Traga o amor
Tenho o coração
E se os enigmas
Não te fazem sonhar
Traga a poção mágica.
Que eu te ensinarei a amar....

Autora
Liê Ribeiro

paz e luz

Comentários

  1. Tirar do caldeirão
    a alma de bruxa.
    Misturar as poções,
    fazer orações e esperar.
    Passado um pouquinho,
    um amor fresquinho, com cara de ontem,
    pode chegar...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.