Você já tentou
Ler um poema alto
Como se recitasse
Para universo...

Cada verso penetrando
Em seu cérebro,
Inundando seu coração...
Impregnando a alma
Dos sons das palavras...

Você já provou
Do sabor das linhas...
Qualquer trecho
Que lhe fizesse pensar...
Reter memórias jaz...

Você já se olhou no espelho...
E de repente o personagem era outro...
Outra face, outro sorriso.
Nenhum vestígio
Que te fizesse se reconhecer?

Você já pensou em não ser,
Apenas a mãe zelosa e esquecida
A heroína sem medalhas...
A que por mais forte que quisesse ser
Queria apenas um colo, uma frase...
Um segurar nas mãos...

Você nunca pensou em começar de novo?
Palavras que nunca voltam à boca...
Aquela que você jamais esqueceu...
Você nunca fingiu sentir o que não sentia?
E depois uma lágrima amarga lhe caia em solidão...

Então, leia alto esse poema.
Se dê o direito de rir ou chorar
Experimente viver por você...
Pelo menos por um dia..

Autora
Liê Ribeiro

paz e luz



Comentários

  1. Finalmente consegui conhecer o blog!! isso é o que acontece com quem mora na roça e não tem banda larga todo dia!!! Parabens Lie!! Lindo, simples e emocionante como suas poesias! beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.