Para cada poesia uma musica
Para cada lágrima um sorriso
Para cada cansaço uma cama
Para cada descaso, uma compaixão.

Que pena que poucos aprenderão...
Pois há dores novas, há dores velhas
Aquelas que carregamos eternamente
Para cada desamor, um novo amor...

Aquele que nos resgatará...
E nos fará acreditar
Que há paz, e um olhar só nosso
Um canto só nosso...

E toda vida para acreditar...
Para cada fim, o recomeço...
Reiniciar a caminhada,
Toda trajetória a seguir...

Para cada passo, uma nova estrada...
Descalço de qualquer terra...
Para cada pesadelo, um novo sonho...
E ele nos levantará...
Pois para cada madrugada fria...
Há de nascer uma linda manhã de sol!
Eu creio...

Autora
Liê Ribeiro
Paz e luz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!