Eu queria te contar da minha vida
Das minhas travessuras de criança,
Dos medos, das noites quietas...
Dos meus amigos ocultos...

Da minha adolescência
Das minhas paixões escondidas
Das noites de bailes e sonhos...

Eu queria te contar das horas tristes
Das paqueras, das dores, das alegrias
Como minha mãe me contava...
Adorava ouvi-la contar da sua juventude.

Eu queria dizer de toda a minha trajetória
Quantas expectativas eu criei do destino
E o quanto me doeu aprender a deixá-lo de lado
Para seguir os nossos desígnios...

Mas toda dor se aliviou ao seu lado
E o quanto eu não pensei
Que falar de mim era o menos importante.
Ouvir o teu silencio, era o mais angustiante

Queria ouvir o tom da sua voz,
Musica para meus ouvidos.
Talvez você nem tivesse tempo,
Nem paciência para minhas histórias.
Mas eu queria me imaginar contando
E você rindo, me achando careta...

Não me importo, às vezes eu queria
Por um momento, uma fração de segundos
Que você descobrisse quem eu sou
E o que eu fui e o que vivi, para aprender
A amar você!

Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!