Tempo,
Falta-nos,
Vento,
Sopra.
Palavras,
Sobram.
Vida,
Acomoda-se.
Sonhos,
Acordam.
Bocas,
Emudecem.
Mãos,
Acenam.
Pés,
Caminham.
Olhos,
Cegam-se.
Ouvidos,
Ensurdecem.
Nada
Cabe-nos ser,
Tudo nos falta, ter.
Ser,
Abstrato,
Invariável
Imperfeito, concreto,
De gelo, solitário.
A vida,
Reescrita, relida,
Há tanto para aprender.

Autora:
Liê

paz e luz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!