Esse momento aqui é para Homenagear meu filho Gabriel

Que aprendeu a cantar essa musica, com tanta delicadeza

Com toda a sua dificuldade... e cada vez que ouço, choro...

Quem dera a musica pudesse traduzir o que vai a seu coração

Em sua mente e mundo pudesse entendê-lo...














Emilio Santiago...

Era só isso que eu queria da vida
Uma cerveja, uma ilusão atrevida
Que me dissesse uma verdade chinesa
Com uma intenção de um beijo doce na boca.

A tarde cai, noite levanta a magia
Quem sabe a gente vai se ver outro dia
Quem sabe o sonho vai ficar na conversa
Quem sabe até a vida pague essa promessa

Muita coisa a gente faz
Seguindo o caminho que o mundo traçou
Seguindo a cartilha que alguém ensinou
Seguindo a receita da vida normal

Mas o que é vida afinal
Será que é fazer o que o mestre mandou
É comer o pão que o diabo amassou
Perdendo da vida o que tem de melhor

Senta,
Se acomoda,à vontade
Ta em casa,toma um copo,
Dá um tempo que a tristeza vai passar
Deixa,pra amanhã,tem muito tempo
O que vale é o sentimento,
E o amor que a gente tem no coração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!