Dia Universal da Mulher! Na visão da Poetisa.



















Mar ou montanha?
Mulher ou menina?
Quem costurou nossos destinos?
Quem nos deu a incumbência?
De viver por todos os seres?


A flor é mulher...
A Lua é mulher
A natureza é mulher.
A dor é feminina


Parideira de sonhos
Faz da vida uma lida
De uma tênue esperança.
Cava sua própria história.


Executiva ou humana?
Quem separou os genes?
Entendeu de todos seus mistérios?
O principio do amor na história.


Forte ou frágil?
Quem irá viver sem seu lado feminino?
Á lágrima é Feminina
Limpa a alma, feminina dos seres.


A bússola é feminina,
E nos guia pelos mares do acaso.
A mãe e a filha
Dois personagens


De uma mesma história sofredora.
Quem dera realizadora de milagres
Quem dera o mundo a cobrisse de rosas
E entendesse que á séculos
É-lhe negada a verdadeira homenagem.


Um  olhar amigo,
Uma palavra de conforto e amizade
Pois o dia universal da mulher
Será sempre a imagem de Maria.


Mulher simples de olhar doce
Que ao pé da cruz.
Não chorou somente por seu filho
Mas por toda a humanidade!


Autora
Liê Ribeiro
paz e luz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.