Você é assim!



Você é assim

Um olho em mim
Outro perdido
Em algum lugar
E eu respeito.


Deixo você viajar
Na melodia
Mas minha vontade
Era pegar-te pela mão
E voar...


Há tantas galáxias
E nós aqui fixos no chão
Poesia,
Poesia.


Você é assim
Sorri pro sol
Canta para o nada
Fala sozinho
Ou será que tem
Alguém escondido
Dentro de você?
Que você quer libertar...


Mas você é assim
Ouve a gota de chuva cair

E quer lamber todo mar...
Devaneando na vida.


Você é assim
Simples como o amanhecer
Nós que lhe tornamos
em um ser estranho...
Pura ignorância...




Porque você assim.
Dia e noite, tarde
Um contemplar em busca
De algo similar...


Concreto, exato, frio?
Mentira...
A ordem das coisas
É organizar ao redor
Para que nenhum monstro se aproxime.




Pois você é assim...
E para te enxergar
Precisamos limpar os olhos
De toda nevoa que o mundo cria...
Ou que nós mesmos colocamos.
Pois se desejamos que  você fosse igual.
Você  continuara a ser assim!
Um ser especial...


Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.