Voltando Para Casa!



Eu vim pela estrada
Pensando em você
Num recanto
Onde pudéssemos
Viver em paz
Numa forma
Menos dolorida de viver


Eu vim contando as horas
Cada quilometro
Para olhar-te e abraçar-te.
Eu vim com lágrimas
Presas no meu olhar


Deveria solta-las
Ao te encontrar
Alegria e lágrima
Nesse momento
Fazem um par perfeito

Eu vim inquieta
O tempo costurando
Nossos destinos...


E se algo me impedisse
De chegar?
Quando poderíamos
Nos ver de novo?


Luz e escuridão
Uma dor repentina
Em meu coração
Mas o sol no horizonte


Seu rosto em minha mente
Vão me acalmando
Hei chegar até seu esconderijo
Hei de atravessar sua ponte


Pés calejados
Corpo cansado
Mas uma esperança tênue
De que me recebas
Reconheça-me de longe
E mais uma vez sorria...


Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!