I love this song,.I miss you... I cry, I cry


Quero o silêncio das vozes,
Quero respirar silêncio das vozes
Quero enxergar silêncio das vozes
Quero entender o silêncio vozes.
Tantas vozes me perturbam.
A minha própria.


Acredite em mim...
Às vezes todos os monstros
Perseguem-me,
Devo fechar as janelas do meu olhar
Devo acirrar uma briga feroz
Contra eu mesma...


Quem, quem realmente me vê?
Nesse corpo pequeno,
Nessa mente poética
Nesse coração valente.
Nunca fugi das guerras
Nunca perdi o sentido exato
Do qual é o meu lugar.


Mas,
Onde estou?
Porque estou?
É tudo uma grande farsa
O que sou guardei atrás do espelho.


Porque o que sou
Está nas melodias antigas
Está nos bailes...
Nas noites intermináveis
Sonhando, sonhando.


Se não tenho ninguém
É porque ninguém me tem...
Eis a química da solidão.


Porque quando não podemos
Ser claros e nítidos
Cobrimo-nos de sombra
E essa nos envolve a cada dia.
Mas hoje quero somente,
Ouvir musica e o silêncio das vozes!


Autora:
Liê Ribeiro
Paz e luz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!