Eu amo dançar.
Ouvir musica
Cantar com meu filho.
Eu amo,
Ser feliz.


Poucas horas
Poucos minutos
É melhor que nenhum
Instante de alegria...


Sorrir, mesmo
Em meio às lágrimas
Todos nós iremos
Irremediavelmente
De encontro às estrelas


E a lua fria, me inspira.
O céu chove,
A vida se renova
Rastejante lagarta
Linda borboleta...


Quem passou por aqui?
Deixou seu perfume
Quem nunca beijou seu amor
Não saberá o sabor do seu mistério.


Eu amo beijar
A flor no jardim
Sua boca escondida atrás da porta.
Sensação de aventura, amo...


Amo lembrar-me dos nossos beijos.
Ora, poeta não compõe somente caos
Grava e poetiza o amor...
Mesmo em meio à solidão da noite fria.


Nada é definitivamente  triste
Tudo é incontestavelmente alegre
E confesso, amo amar sua ausência
Pois quando estamos juntos
Amo poder estar ao seu lado.
Sorriso e cumplicidade.
Amo ter aprendido amar.


Autora
Liê Ribeiro
Paz e luz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!