Seu sorriso!




A! Como eu amo esse sorriso
Em qualquer ocasião,
Seu olhar brilhante
Se eu pudesse


E tivesse o poder do destino
Eu jamais deixaria
Que essa simples felicidade
Fosse de ti tirada.


Sim, coisas simples
Musica, musica
Teve e tem o poder
De penetrar nesse seu labirinto


Fazer você sorrir assim...
E tudo tem uma poesia na letra
E tudo tem uma melodia
Que faz seu corpo dançar.


Belo momento
Que eu queria parar no tempo
E guardar para mim.
A! Como busco ar.


Como às vezes me apavora
Tudo isso acabar.
Afinal, o mundo lá fora
Debate-se em egoísmo e guerras
Mas não devemos pensar.


Gravo em minha alma
Esse sol, esse olhar de estrelas.
Amanhã o que importa.
O hoje quero sentir somente
Esse seu sorriso, em meu coração!


Autora
Liê Ribeiro
mãe do Gabriel autista.
Paz e luz.

Comentários

  1. Ah! Minha princesa Liê,
    Que lindo!Por mais que eu busque palavras para definir o que eu sinto ao ler "Seu sorriso", não as encontro; ficaram, também, gravadas na minha alma.
    Um beijo no teu coração. Muita paz e Luz para todos nós.

    Edna Coimbra (Vovó do Nathan Naum, oito anos, AUTISTA).

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!