Teu sorriso é a luz!





O que dizer nessa hora!
Que o tempo não nos engoliu
Que eu não te perdi
Que todas as minhas apreensões
Foram embora
Nas águas incertas dessa vida...


Eu te olho e me enxergo
Seus olhos brilhando a me ver
É como a lua clareando
A escuridão da noite
Céu forrado de estrelas.


Vamos carregar essa bandeira
Meu filho...
Vamos tremular nossa esperança
Mesmo que toda humanidade
Não nos enxergue
Vamos acreditar...


Que a cada passo que demos
Mesmo com os pés sangrando
Nos fez chegar até aqui...
Rio manso, fala pausada


Você me ensinou
A carregar meu fardo leve
A claridade que de repente
Brotou dentro de mim.


O que querer mais?
Alguém que você não é?
Alguém enquadrado
No quadro dessa sociedade cruel
Não, não...

Quero-te feliz, somente
Quero-te crescendo lenta, mas continuamente...
Sem medo, sem cópia,
Sem perder sua identidade.

E quando o vejo, indo e vindo
Cantando e sorrindo.
O que posso querer nessa hora?
Talvez parar o tempo
Oferecer-te meu beijo
E a minha mais profunda gratidão...


Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista
Paz e luz..

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.