Por hoje! Resolvemos.



Hoje resolvemos esquecer
Cada palavra mal intencionada
Hoje, resolvemos que cantaríamos
Dançaríamos...
Manhãs e manhas.


Hoje nós resolvemos caminhar
Porque tantas pedras?
Nossos pés que sangram
Porque tantas conjecturas
O bem e o mal!


Que brigam por séculos
Quem domará nossos fantasmas
O bem traça caminhos floridos
A paz de espírito...
A fé no que virá...
O mal traz a voz da indiferença


Tanto fez, tanto faz
Desde que se dê bem
Vejam a incongruência
Do mal e do Bem.


Na verdade,
Hoje resolvemos que a musica
Seria alegre...
Pois resolvemos
Apagar todos os rascunhos
Que fizemos de nossas vidas.


O passado e o presente
Tivemos que vencer...
Passado nós não podemos mudar.
Já vivemos!


O que foi dito não voltará à boca
O que foi feito não se pode remediar.
O erro é a cartilha do aprendizado
A forma rasa de viver.


É achar que erro se justifica.
Mas hoje cantamos nossas alegrias
Descansamos nossas mentes
Acalentamos nossos corações


Com carinho trocado...
Dois sonhadores contumazes
Você sorri,
Eu acho que vou sorrir também


Vou te contar um segredo
Todos os fatos passam
Os bons e  os ruins.
Todas as existências findam
Todas as dores amenizam


Mas nossas almas são imortais
O que significa?
Vale à pena lutar para ser feliz.
Pelo menos resolver ser!


Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.