Poema antigo!




A vida não deve ser
 Só lamentação
A vida é uma dádiva...
É uma descoberta da alma.

A vida é repleta de sons
De cheiros de aromas...
A vida é o pingo da chuva
Envolto nas lágrimas

A vida é o despertar das aves
Revoar do pensamento...
A crença no amanhã...
Mesmo que o amanhã seja cinzento.

A vida é o frio da solidão
Aquecida pelo abraço do amor...
A vida é o transmutar das idéias.
A vida é o replantar da semente

Na terra árida na terra fértil...
Na terra de todos, dentro de nós.
A vida é um pedaço de pão
Na boca de quem tem fome.

A vida uma estrada infinita.
E lá na curva da vida,
Aonde pensamos ser o fim
A vida recomeça...

Indefinida, incerta, inacabada
Mas quão bela desfolha-se no horizonte
Uma nova página da vida!


Autora:
Liê Ribeiro
paz e luz, carinho!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!