Traduzir minha pessoa autista!

Antes com autismo/Depois com autismo.




O que é inocência mãe?
Meu corpo se transforma
Mas minha mente
Continua pura
Como a nascente
De um rio...

Mãe,
O que querem de mim?
Estranheza ou multidão?
Eu coloco os meus pés
No mundo

E alguém quer me transformar
Na imagem e semelhança
De quem eu não conheço.

Mãe
Uma parte de mim
Cresce como uma árvore forte
Outra parte,

Fica enraizado em meu interior.
Serei eu que quero?
Serei eu que desejo
Ser a parte destoante do outro?

Mãe,
A malícia e a maldade?
O que são?
Podemos ser salvos delas?

Eu almoço e janto
Eu durmo e acordo
E no espelho serei eu
Ou um remendo ?

Mas eu sorrio
Para quem me sorri
Eu abraço quem me abraça
De repente me fecho
De repente me abro
É uma questão de sobrevivência.

A vida na sua mais
Profunda realidade
Como poderia eu compreender?
Mãe dê-me a dica

Como me traduzir
Em poucas palavras.
Ou as palavras jamais me traduzirão?
Um ser de passagem pelo mundo

Sem nenhuma importância!
Ou um ser em continua evolução
Se a minha mente foi mal conectada.
Saiba que minha alma
Intacta um dia se libertará

Serei eu feliz?
Sim, se de mim somente
Desejarem amar, somente amar...


Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!