Você é minha realidade




Eu não sei 
O que é verdade
Como é face da mentira
Tantas falácias
Soltas por aí...

O que  eu sei
É que o seu sorriso
Esse olhar desperto
Não mais distante
Não mais vazio
Faz da minha vida
Uma escola válida.

O que sou?
Cabe em poucas linhas
Mas o que vivemos
A cada dia
Faz-me um ser milenar

Muitas vezes cansei
Muitas vezes
Achei que desistiria
De buscar tesouros
Em lodos em que vivíamos

Mas foi esse sorriso
Muitas vezes escondido
Foi esse olhar
Muitas vezes fechado
Que sempre tentei  buscar

O que aprendi?
Ainda não posso afirmar
O que ganhamos de real
Não posso provar...

Mas nas voltas
Nos milhões de voltas
Que a vida dá
Seu amor eu consegui despertar
Seu carinho breve, mas sincero
Consegui sentir...

Confesso meu rapaz
Que na minha incoerência
Tentei procurar soluções definitivas
Em promessas vazias...

Mas logo retomei nossa magia
E assim vamos
pescando um sonho aqui
Outro ali...
Vamos deixando a vida nos guiar
Horas gastas, momentos divididos
A tempestade que atravessamos...
A dor que se ajeitou dentro de nós

A realidade não sendo mais nosso algoz
Só por causa desse seu sorriso...
Ensinando-me a voar sem asas...
E por ti eu vou, aonde?
Só você pode me mostrar!

Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!