A escola da Vida!



Água do saber
Seca boca
O beijo
Que não foi dado
O abraço
Que se perdeu no vazio


Poucas coisas
Fazem-nos felizes
Horas paradas
Sorriso solto
Uma conversa informal

O que levamos da vida?
Na esquina fica...
Passos gastos
Palavras velhas

Já morremos um pouco
Ao nascer
Linha torta
Olhos cerrados
A felicidade
Um punhado
De sonhos perdidos


O tempo
Colhe momentos
Vividos e pressentidos
No que nos cabe crer?


A fé na matéria?
Na punição etérea
A redenção humana...
A falha ensina
Que a nossa limitação é interna.
Vemos feio quando olhos se turvam.
A incoerência da mente...


Que não querendo pensar, pensa
Não querendo julgar, condena.
A perfeição vestida de essência
Jamais por nos tocada.


Há tanto por aprender
História pouca...
Que mesmo duvidando
Teremos que sentar
Na sala da vida

Quantas vezes forem necessárias
A gloria da redenção
O perdão e o perdoado
Eis o maior aprendizado!


Autora
Liê Ribeiro
Paz e luz...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.