Tudo é aprendizado!




Não nem pense
Em fugir de novo
Quem disse
Que a vida seria
Para nós um mar de rosas
O azul por detrás das nuvens.

E o acaso
Que nos colocou no mesmo barco
Eu sei
Que não acreditas nisso.

Quem te colocou nessa armadura?
Perdeu a chave do seu coração.
Não confiar em alguém
A pior sensação.

Toda verdade
Nasce de um olhar
Aquele que não se fecha
Nem se acanha
Ao reaver sua alma.

Quando a vida nos Açoita
Pele endurecida pelo destino
Deixa sangrar, deixa doer
As cicatrizes demoram
Para se fechar...

Mas sentir é melhor
Que a indiferença
Então beije a lágrima
A dor e a alegria
Tudo misturado
Nesse nosso interior

Aprendizado
Mesmo no silêncio
Mesmo na balburdia da cidade
Tudo é aprendizado
A força não é de secura.
A força é de água alvejando nossa escuridão...

Ninguém tem tanto poder assim
De cavar somente sofreguidão
A alegria é rápida como um furacão
Então antes que passe... Sinta.

Divida comigo, um sorriso, uma lágrima
Um sentimento real de gratidão...
Pela vida gasta, pelas horas passadas
Pela emoção de nos reencontrarmos.

Tempo e dimensão, tudo foi ontem
O amanhã que venha na mansuetude
De uma poesia...
Vale , valeu, valerá sempre ter aprendido...

Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

Comentários

  1. Como sempre Lie, lindo de mais da conta! Você escreve com a alma. Bjs e parabéns pelo talento.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.