Ser Poeta!




Perguntaram-me um dia
O que é ser POETA.
Poetisa, não importa
Nunca havia pensado nisso
O poeta nasce poeta
Jamais se torna.

Então não posso explicar
Mas sim sentir...
A consciência da vida
Mesmo que ela parece fugir
Da verdadeira realidade.

Seres perdidos dentro do pensamento
Que nos invocam a escrever.
Ser Poeta!
Talvez seja estar ausente mesmo presente

Sorrir mesmo chorando
É ser o fingidor mesmo sendo autêntico
É pensar com coração e amar com cérebro
E resistir mesmo sem resistência
A todas as dores da alma.

Fechar os olhos da matéria
E abrir os olhos do espírito
Ser poeta talvez seja alguém extinção
Que vai pela vida seguindo sua intuição
O cheiro do papel escrito preso nas mãos.

Que mergulha na mais profunda escuridão
A procura da luz divina
Ser poeta é amar o improvável
E por ele quase morrer...
Ser poeta talvez seja  abrigar
Toda forma de existir dentro si...

Autora
Liê Ribeiro
Mãe de um rapaz autista.

                                            

Comentários

  1. Ser poeta é amar o improvável...
    Sim, previsibilidade não é o forte da poeta...
    É encanto a cada segundo,
    é despertar entre as folhas das urzes,
    é deixar prá trás a saudade,
    é ser prá sempre feliz!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!