Vencendo mais um dia!


Sempre que te vejo ser arrancado
Do seu corpo
E jogado num estado de dor e perdido
Em choques, tenho vontade desistir.
Até da fé que me move
Até da esperança que sempre me acompanha
Mas não posso, não consigo.
Quando seu olhar me busca

Quando suas mãos apertam as minhas
E me diz mamãe...
Sim estou aqui
Nesse mundo de cores e odores

E tantas dores
Estou aqui...
Quando você voltar, quero estar aqui.
Até quando eu puder

Mas preciso chorar
Preciso desaguar minha angústia
Pois não quero não posso ceder
O que nos pega?
Nos joga na mais profunda masmorra?

Talvez ainda não mereçamos a verdadeira paz.
Mas com certeza enquanto eu tiver força
Vou persegui-la,
Ninguém é culpado.

Nem a vida, nem Deus, nada, é nosso desígnio!
Você dorme, eu te vigio.
Eu preciso ficar em pé, eu preciso...
Mas se toda água do mundo me levasse

Talvez nesse momento eu não me importasse
Mas eu me agarro ao seu sorriso
Agarro-me a esse amor...
Somos dois sobreviventes; meu filho.
Creia de nós mesmos...


Autora
Liê Ribeiro
Mãe do Gabriel Gustavo/autista.

Comentários

  1. Nunca desista de acreditar,que cada dia é uma vitória em nossas vidas.só de você existir já é um motivo de viver com alegria e com a esperança em dias melhores.Obrigada por existir e de me mostrar que somos capazes de lutar e vencermos a cada dia.Sou educadora e tenho um aluno autista,vivo e me emociono a cada minuto das oito horas de todos os dias que passo ao lado dele na instituição.Big beijos e muita fé.Paula Morais-Governador Valadares.MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula , obrigada, força para sua luta, tens uma missão linda, sigaa-a e ajude sempre os autistas,
      Abraço fraterno,
      Liê e Gabi autista.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.