O que vejo em teu olhar?


As pessoas pensam
Que você não olha nos olhos
Intencionalmente.
Mas não entendem
Que você olha além do olhar
Você atravessa nossa visão torta
E tenta compreender nossa alma

Por quê?
Porque eles não percebem
Que há tantos sentimentos
Guardados dentro do seu olhar
A transparência que nos choca.

O que querem afinal?
Retalhos de alguém
Remendos de ser?
Você é integro e inteiro
Só não tem olhos maldosos
Só não tem malicia
E não espera nada da vida
A não ser estar vivo.

De todas as mazelas
Eu tento protege-lo
Tento, tento, todo dia.
E a energia gasta
E a vida embrulhada para presente
Às vezes parece de grego.

Vivemos num mundo sem noção
A liberdade é para denegrir o outro
E morrer de rir
E toda burra liberdade
Perdeu a humanidade, é o fim da linha.

Vamos remediando o tempo
Vamos vencendo as horas
E o que eu vejo em teu lindo olhar
A visão de Deus...
Será pretensão? Não sei...
Mas é o que vejo.

Autora:
Liê Ribeiro
Mãe do Gabriel/autista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!