4 julho será real? Vocês merecem tanto amor!


Há hoje um olhar para o futuro
Dois seres muito especiais
O Começo e o meio do caminho
Para o amor não há fim
O canto e o choro
O sorriso e o mar
A beleza que não vemos a olho nu

Somente fechando a razão
E abrindo o coração...
Pequenos detalhes
Se nos foge
Para ti é todo universo

Mas...
Venha que eu te guio
Não fuja, nem se acanhe.
Minha mão te ampara
Meu colo te espera
Minhas noites são para te velar

Acredite!
A esperança às vezes parece
Uma rainha difícil de alcançar
Toda sua grandeza.

Mas nós a perseguimos
Como súditos sedentos
De algum motivo para existir
E se existimos meio gente, meio dor.
Meio metade, meio inteira.
É por vocês; autistas...

Que nessa lida, nessa vida.
Subnutrida de afeto ao próximo
Ensina-nos que querer
Não é tão complicado quanto parece
É só esquecer o EGO,
Juntar as mãos e seguir em frente!


Autora
Liê Ribeiro
Mãe do Gabriel/autista.
04/07/2012

Comentários

  1. Nessa você caprichou.... Juntando sempre as mãos e seguindo sempre em frente nessa jornada....Me emocionei muito...Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!