Na paz do seu carinho!





Imaginar-te preso
Num mundo desconhecido
Jamais foi o meu pensar
A liberdade está no sorriso.

Imaginar-te sofrendo
Por não saber
Se há lógica na vida
Jamais foi o meu desejo

Mas se pensarmos melhor
O que somos são os nossos sonhos...
Houve uma época
Que realmente imaginei
Que seriamos desconhecidos
Em mentes parecidas

Imaginar-te longe de mim
Por causa do seu autismo
Nunca...
Chegar não foi fácil
Como muitos pensam.

Chegar foi tirar a pele
Sangrar nossas angustias
Rasgar o preconceito
Limpar as dores

Mas como somos frágeis
Às vezes ela vem e nos toma
Às vezes estamos desatentos
As primícias de um amor
Que não é de submissão
O dom e a palavra

Imaginar-te maduro
Numa mente infantil
Só cria em mim uma maior responsabilidade
O Mundo real na maioria das vezes é cruel
A luta às vezes parece uma guerra infindável

Mas não pensarei no amanhã
Pois o hoje me parece tão perfeito
Pois podemos ter todo o bem do mundo
Todo conhecimento, toda beleza,
Se não tivermos paz,
Nada na verdade nós possuímos!

Autora
Liê Ribeiro
Mãe do Gabriel/autista.
05/10/2012.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!