Já fomos mais Românticos





Já fomos mais românticos
O que a vida fez de nós?
O tempo que cobre
De esquecimento tudo
Que foi vivido

A troca, a poesia,
A espera pelo amanhecer
Que hoje já nasce cansado.
Já fomos mais sonhadores

O que  a realidade fez de nós?
Meros seres que sobrevivem ao dia
Para mais nada esperar...
O instante que se move
E estáticos vamos vendo
Tudo se esvair como aquela nuvem

Já fomos mais otimistas
O que a labuta fez de nós?
Meros lutadores sem armaduras
Sangrando a cada dia nossa credibilidade

Já fomos mais delicados
Ao tratar a dádiva de amar
Luas e tempestades
Algum lugar para regressar

Já fomos menos céticos
O que a dor pode nos causar?
Talvez uma reviravolta da fé
Sem dogmas ou promessas vãs

O que precisamos afinal?
Só um momento nosso
O olhar nos olhos
E perceber que lá está
A janela que nos revelará amor!


Autora
Liê Ribeiro
Poetisa amadora.
26/11/2012

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!