O aprender com você sempre!


 
 
Se você não faz falta a ninguém
Que pena...
Se você compra alguma atenção
Que dó...
A verdade não tem dois lados
Ou é ou não é...

A mentira se veste de muitas roupagens
Até quando?
Não sei
Não posso prometer milhões de sonhos
Mas posso garantir doar-te algum
Meu filho autista me ensinou:
Um dia de cada vez.

Alguns momentos de reflexão
Longa estrada sem fim.
E o principio lá atrás
Meu mundo redondo
De um só habitante

Incrível, continua assim...
O parir uma vida
O conceber uma luta.
Será que Deus errou na nebulosa?

Meu filho autista me ensinou
Que havia uma chance implacável
De nada dar certo
Mas de repente deu...
O pedaço de pão representa o amor
Á água que lava os pés da humanidade.

Meu filho autista me ensinou
Que se não posso mudar os fatos
Posso mudar o panorama de nossas vidas.
E fazer do amargo um remédio
Para a cura de minha desesperança

Meu filho autista me ensinou
Que sou exatamente aquilo que digo
Que não me escondo em buracos intelectuais
E se não posso ser mais perfeita do que deveria
Posso pelo menos tentar ser a melhor aluna
Do meu filho autista.

 
Autora
Liê Ribeiro
Poetisa amadora
Mãe do Gabriel/autista.
20/11/2012.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Poema FELIZ ANO NOVO, PARA MEU FILHO, GABRIEL, autista.