Primeiro Poema de 2013.


 

 

 
Qual o segredo da felicidade?
Ninguém jamais decifrou
Em tempo algum.
Se um momento único de paz
Visitar-nos, possamos dividi-la.
Para que possa voar
Para outros lares...

Nosso recanto, um abrigo de amor.
O despertar para a verdadeira sabedoria
Que nasce do silêncio
Oscular cada lembrança.

O tempo caminha irremediavelmente
Para frente...
Ficar para trás! Para que?
Sim! muitos passarão
E nem perceberemos sua partida
Outros a dor da saudade
Sempre latejará em nossos corações

O que ficará de nós?
Que seja o exemplo e o discernimento
A diferença exata do certo e do errado
O respeito por toda raça humana
Por toda natureza divina
Por todo dogma,
Por toda escolha
Por toda forma particular de estar no mundo.

Autora
Liê Ribeiro
Poetisa amadora
Mãe do Gabriel/autista.
02/01/2013

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!