Poema da Tarde!





Eu escrevia antes de você
Eu procurava sua essência
A cada linha
Mas quanta incoerência
Nada parecia preencher
Os vazios
Dentro de mim...

Mas essa descoberta
Foi diante de todas as dores
Que alguém pode sentir.
Minha semelhança
Diante do seu estado autistico

Inventamos adjetivos
Palavras e sentimentos
Que Caibam exatamente
Dentro do seu espaço
Mas não há
O mistério tem gosto amargo
Mas o conviver pode ser doce.

Não procurei invadir o seu mundo
Não permiti que invadisse o meu
Mas a aproximação foi lúdica e lenta
Nenhum desejo doentio de cura
Mas de amor!

Um olhar trocado
Um beijo roubado
Um sorriso fugidio
Em meio às lágrimas
Que eu derramava

Foi o mapa
Para encontrar-te
Autisticamente livre
Autisticamente feliz
Autisticamente amado!

Autora
Liê Ribeiro
Poetisa
MÃE DO GABRIEL/AUTISTA.
05/04/2013.



Comentários

  1. Guilherme Gonzaga10 de junho de 2016 21:28

    Muito bonito. Estou até sem fôlego. Parabéns, você deve ser uma ótima mãe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poema para Gabriel!

Atravessar a Ponte!